quarta-feira, 31 de março de 2010

Assim se vê quanto eles ganhavam...

A crise mundial arrasou o poder de compra de quase toda a classe média/baixa dos cidadãos, o preço da cultura continua pela hora da morte, e estes fulanos ainda têm coragem de se queixarem?

A venda de DVD dos grandes estúdios de Hollywood em Espanha poderá estar por um fio. Várias distribuidoras consideram o negócio inviável no país devido aos elevados índices de pirataria. Ler tudo aqui

Meu dia!!!

Parabens pra mim, hoje tou ficando mais velinha...ehehehehhehe
=DD

Para Pensar 14

...

Jôh Dagort

Al Berto, por ser o meu poeta de eleição!


Os Amigos
No
regresso encontrei aqueles
que haviam estendido o sedento corpo
sobre infindáveis areias

tinham os gestos lentos das feras amansadas
e o mar iluminava-lhes as máscaras
esculpidas pelo dedo errante da noite

prendiam sóis nos cabelos entrançados
lentamente
moldavam o rosto lívido como um osso
mas estavam vivos quando lhes toquei
depois
a solidão transformou-os de novo em dor
e nenhum quis pernoitar na respiração
do lume

ofereci-lhes mel e ensinei-os a escutar
a flor que murcha no estremecer da luz
levei-os comigo
até onde o perfume insensato de um poema
os transmudou em remota e resignada ausência

terça-feira, 30 de março de 2010

Isto há coisas do caneco!!!

Roger Frisch, um conceituado violinista norte-americano, foi submetido a uma cirurgia ao cérebro. Até aqui nada de novo. Mas há um pormenor que torna esta operação especial. É que Frisch estava a tocar violino enquanto os médicos trabalhavam.

Não foi uma mania de artista. Frisch sofria de tremores nas mãos que punham em risco a sua carreira e os médicos decidiram implantar-lhe dois eléctrodos no cérebro, para corrigir o problema.

Para uma localização mais exacta da área afectada, foi pedido a Frisch que tocasse durante a operação. Os tremores pararam ainda durante a cirurgia.

A operação foi um sucesso e no final não faltaram as palmas no bloco operatório.





Fonte: Revista Sábado

Para Pensar 13

O ocidente defende a igualdade dos direitos entre géneros/sexos, o Islão baseia-se na sua cultura ancestral para elevar a condição do homem na sua sociedade...

Concorda com a decisão tomada pelo Conselho de Estado francês, de excluir uma proibição total do véu integral islâmico em França, enquanto considera justificável a obrigação de ter o rosto descoberto "em determinados locais" por razões de segurança? Ler tudo aqui

"Emoticons" animados não convencem pai do :-)

Aos 28 anos – era 19 de Setembro de 1982 – Scott Fahlman não adivinhava o sucesso que a sua invenção viria a ter em todo o mundo.
«De vários ângulos, aquela foi uma das coisas mais desinteressantes que já fiz na vida», disse à Folha Online o inventor do :-).
Eram exactamente 11h44 quando, em Pittsburgh, na Pensilvânia, enviou um email para a rede que integrava na Universidade Carnegie Mellon, para que daí em diante não houvesse mais confusões entre emails sérios e divertidos.
Os emails descontraídos deveriam, então, conter um :-), ao passo que nos outros deveria constar um :-(.
Poucas semanas depois, os emoticons circulavam noutras redes, noutros países, e com outras formas.
Ainda assim, Scott Fahlman estabelece limites: «Não gosto daqueles círculos amarelos e dos emoticons animados. São feios, estragam toda a diversão. É mais desafiador tentar descobrir maneiras de expressar as emoções humanas usando só o conjunto padrão de caracteres do alfabeto romano».

Fonte: Sol

O porquê das mulheres nos humilhar???!!!

Equipa reduzida a seis num minuto

Uma partida da terceira divisão da Hungria durou apenas um minuto. O motivo? A equipa visitante entrou em campo com sete jogadores. Pouco depois, um destes bravos lesionou-se e o árbitro cumpriu os regulamentos, suspendendo o jogo.
Esta formação chama-se Gigant Belene e já em Outubro passou por algo semelhante. Desta vez, os sete resistentes e os dois treinadores viajaram 200 kms, até Belogradchik, para que o clube não fosse castigado por falta de comparência. As normas são claras e ditam que cada formação tem de ter, no mínimo, sete jogadores em campo.
Fonte: Maisfutebol

segunda-feira, 29 de março de 2010

Banho de tinta? Ah! Ah! Ah!

Convidada para apresentar o prémio de melhor actriz nos Kids Choice Awards, a cantora Katy Perry foi vítima de uma 'dolorosa' partida. Veja o vídeo!

domingo, 28 de março de 2010

Fanatismo é sinónimo de cegueira!

Nunca tinha visto coisa tão estúpida na minha vida, o canal de TELEVISÃO Benfica, transmitiu assim e em directo o seu último jogo com o SC Braga...

Vê-se mesmo que isto só poderia ser um canal para cegos!

Vale a pena ver

Deixo aqui a sugestão de um Filme que vale mesmo a pena ver, é simplesmente fantástico.

O filme chama-se Into The Wilde,é um filme dirigido por Seann Penn, baseado no livro do jornalista Jon Krakauer que conta a história veridíca de Cristopher McCandlesse.
Espero que tenham oportunidade de ver.

Na terra da liberdade?

Filme sobre "Três de Angola" denuncia sistema judicial dos EUA. "In the Land of the Free", estreou ontem nas salas dos EUA e do Reino Unido.

O filme,"In The Land Of The Free", de Vadim Jean , narrado pelo actor Samuel L. Jackson, é um verdadeiro manifesto político, com o objectivo assumido de levar à libertação de dois dos "Três de Angola" que continuam nesta prisão de alta segurança, também conhecida por "Angola Prison" (foram escravos vindos de Angola a iniciar a sua construção). Ler tudo aqui

sábado, 27 de março de 2010

Enigma de fim de semana...

Quem sou eu?
Tenho doze belas damas,
Cada dama tem quatro quartos.
Todas elas usam meias,
Nenhuma delas usa sapatos...

E eu a pensar que estas coisas só aconteciam com a Lady Gaga...

A noite de estreia do filme 'Nanny McPhee and the Big Bang' ficou marcada pela insólita companhia que a actriz britânica Emma Thompson levou para o evento: o seu porco de estimação. Ler tudo aqui

sexta-feira, 26 de março de 2010

O actual «King Kong» da música contemporânea...

Cinco anos depois, a banda virtual mais famosa do Planeta, os Gorillaz, voltam a ser, com o seu mais recente álbum, intitulado "Plastic beach", a banda que mais vende na Europa.


Aconselho, vivamente, todos os aficionados de Gorillaz a passarem por aqui...

Beckham e Smithy formam casal gay

A estrela de futebol David Beckham e o conhecido humorista britânico James Corden estão a gerar grande polémica, tanto no Reino Unido como no resto do Mundo, devido à campanha que realizaram em prol dos casais homossexuais...

Realmente ver Beckham neste papel é, no mínimo, muito estranho!

Para Pensa 12

...

Jôh Dagort

E você? Sente-se ofendido?

A campanha que apresenta a imagem de um cão com um pente preto por cima do lábio superior – sugerindo o bigode do Hitler – e acompanhado do slogan “Raça Superior? Errado para as pessoas. Errado para os cães. Boicote aos criadores. Adopte" é da responsabilidade da PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) e está a causar muita polémica...

Poorva Joshipura, porta-voz da Peta, defendeu que não é o anúncio que é ofensivo “mas a crença, falsa e perigosa, de que algumas raças são superiores a outras. Nós só queremos chamar a atenção das pessoas, para que sejam um pouco menos cruéis e que salvem a vida de um cão ou gato abandonado, ou em instituições, em vez de comprá-los a criadores”. Ler tudo aqui

quinta-feira, 25 de março de 2010

Diário da quinta...


E como hoje é quinta... é dia de quinta "farmville".
Novidade interessante é que o meu filho cansado de me ver a colher e a semear vezes sem conta, decidiu dar-me uma prenda. Nada mais simples, do que a instalação de um programa associado do farmville que se chama "farmhelper". É assim, carrego num botão, e o programa colhe tudo o que há para colher. Selecciono o que hei-de semear e o programita lá cava e semeia.
Até em jogos bem simples a tecnologia consegue dar sempre uma mãozita. VIVAM AS NOVAS TECNOLOGIAS...

AHAH... NÍVEL 34.....

...

Hoje fechou-se o livro de alguém, finalizaram-se capítulos de outros e arrancaram-se páginas do coração de muitos...

Há finais que não se deveriam escrever!

Genialidade dita por outras palavras... II

Tonino Guerra


Este blogue prima pela partilha de conhecimentos. Agradeço, portanto, ao Henrique por me ter dado a conhecer este grande senhor, Tonino Guerra.

Nascido em 1920, em Sant'Arcangelo di Romagna, Tonino Guerra é hoje mais conhecido pelo seu brilhante trabalho como argumentista.
Contudo, afirma: "a fama que os meus argumentos me deram por mérito dos realizadores deixou um pouquinho na penumbra aquela que é a minha única paixão: a minha tentativa de ser poeta. Até no andar se pode ser poeta, mas é claro que hoje toda a gente me conhece como argumentista."

Fica então a entrevista dada por Tonino Guerra a Carlos Vaz Marques, no programa "Pessoal e Transmissível" da TSF, a 2 de Agosto de 2007, para que se perceba a genialidade das suas palavras.
Mais abaixo, excertos da entrevista que mais me marcaram...


Ouvir entrevista

«(Carlos Vaz Marques) Li uma entrevista sua em que diz que a poesia se encontra cada vez menos nos livros de poemas. Onde é que ela está então, Tonino Guerra?

(Tonino Guerra) A poesia não é algo que rima. A poesia está em todas as coisas. Está num gesto, está num olhar, está pela rua... basta recolhê-la, essa é a questão. A poesia ajuda-nos a recolher algo que nos está próximo, que passa, qualquer coisa trazida pelo vento.

(...) (CVM) Considera-se um poeta por escrever poesia ou sente-se poeta num outro sentido qualquer?

(TG) Considero-me poeta sobretudo quando caminho. Sobretudo quando vejo a nevar ou quando fico a escutar a chuva. O resto é um comentário, são apenas vestígios, nada mais do que isso...

(...)

(CVM) Já escreveu em tempos até que a morte nem sequer é maçadora. Só aparece vez.


(TG) É verdade! É uma frase que ouvi de um homem num 1º de Novembro quando em Itália toda a gente vai aos cemitérios. Eu andava a passeaar pelo campo, não gosto de ir aos cemitérios, são muito feios, cheios de fotografias, muito "technic colour", sem poesia nenhuma. Vejo então este homem a trabalhar e digo-lhe: "Vim até ao campo porque não gosto de cemitérios. Tenho medo da morte.". O homem parou de trabalhar e disse-me: "Medo?! Mas porquê?! A morte não é maçadora. Só nos visita uma vez."»



Hollywood vai abaixo?

As “famosas” letras que formam o nome Hollywood, na colina sobre o bairro histórico do cinema em Los Angeles, estão ameaçadas por um projecto imobiliário.
Uma associação pretende impedir que desapareçam, mas precisa de três milhões de dólares até 14 de Abril. Dos 9,5 milhões de dólares já recolhidos, quatro milhões provêm de fundos públicos e 5,5 milhões de doadores privados, entre os quais o realizador Steven Spielberg e o actor Tom Hanks.

A ironia da história está no facto da inscrição Hollywood ter nascido precisamente de uma publicidade para o desenvolvimento fundiário dos terrenos circundantes. Inicialmente tinha o nome do programa imobiliário: Hollywoodland. Ler tudo aqui

Verdade Desportiva!!!!!

Primeiro foi a divulgação das escutas... a desculpa foi a sua ilegalidade
depois foram as agressões no túnel... a desculpa foi que se tratou de uma armadilha
depois foi o comportamento do capitão na final da taça ... a desculpa foi a infância atribulada.

Agora finalmente foi feita justiça... mas o cd da liga nos sabemos quem são e o da FPF.. alguem sabe?

Para Pensar 11

Ai, sei que tou meio ausente, corrida sabe, sentindo saudade daqui, mas johe tirei um tempinhu e tem mais para pensar....

...

Jôh Dagort

Um pouco da minha terra...

Em tempos, numas férias de verão, para ocupar os meus tempos livres integrei uma equipa de arqueologia, para ajudar na escavação do Castro de Penices, em V.N. de Famalicão, terra do vinho verde (único no mundo).
A equipa era constituída por pessoas de vários nacionalidades: Portugueses, Franceses, Ingleses, Espanhóis e um Americano (USA).
A curiosidade desta estória é que este americano quis vir especialmente a Portugal para conhecer, provar, e ver o vinho (que deveria ser) verde.

O que ele não sabia era que...

Uma característica comum a todos os vinhos brancos é que nenhum deles é branco. Diante de dois copos - um de leite e outro de vinho branco - qualquer pessoa é capaz de dizer em qual dos dois tem vinho, mesmo não sendo um aficionado. A mesma ideia cabe para os vinhos verdes. Nenhum deles é verde. A palavra não diz respeito à cor e sim ao frescor e à juventude com que deve ser consumido. É verde em oposição a maduro. Leve, pouco alcoólico, ácido, digestivo, bebido bem frio com sua aguda característica, é vinho muito requisitado. No verão como bebida refrescante e, em todas as estações do ano, à mesa, com saladas e verduras ou com sardinhas grelhadas, se for branco, ou com bacalhau à portuguesa quando tinto. Típico e exclusivo de região demarcada no noroeste de Portugal, o vinho verde teve uma longa história que acompanha de perto a própria história da nação portuguesa. Tirado daqui

quarta-feira, 24 de março de 2010

Para fãs...

George Lucas ou Steven Spielberg poderão vir a realizar o filme "American Idiot", o álbum de 2004 dos Green Day que já foi adaptado como musical da Broadway (estreia está marcada nos palcos nova-iorquinos para o dia 20 de Abril) que passará brevemente para o grande ecrã. Ler tudo aqui

Ver e ouvir... duas divas!

No próximo fim de semana, o Centro Cultural de Vila Flor (Guimarães) leva à "cena" no grande auditório dois espectáculos imperdíveis...

Sábado 27, 22H00 - Eunice Muñoz, com encenação de Diogo Infante, apresentam “O Ano do Pensamento Mágico”, um monólogo magistralmente interpretado pela diva do teatro nacional.

Domingo 28, 22H00 - Stacey Kent, com o seu primeiro álbum a solo, em 1997, os críticos saudaram o nascimento de uma nova estrela de jazz. Tem o estilo dos gigantes, como Billie Holiday e Ella Fitzgerald, e entoa as palavras como Nat King Cole, com limpidez e dicção perfeitas. Ler tudo aqui

O abandono mata...

Em Portugal, todos os anos são abandonados mais de 10.000 animais. Deixados à sua sorte, muitos encontram a morte nos canis camarários ou na berma de uma estrada enquanto vagueiam em busca de alimento e de abrigo. Outros morrem de fome ou de doença. Um animal abandonado sofre todo o tipo de maus tratos.

As associações zoófilas estão lotadas e já não têm mais capacidade para receber mais animais…

Os animais são seres vivos com sentimentos e que têm necessidades próprias. Um animal deve ser desejado pelo dono e bem aceite pelos restantes membros da família. A decisão de adoptar um animal deve ser muito ponderada e estar de acordo com as possibilidades e disponibilidade do dono, pois implica assumir um compromisso até ao fim de vida do mesmo. Trata-se portanto de uma decisão com consequências a longo prazo e que deve ser bem ponderada. Os animais vão necessariamente condicionar a sua vida.

Antes de adoptar, deve ponderar muito bem se está preparado para lhe proporcionar aquilo de que ele necessita. Além de espaço, os cães necessitam de muita atenção, tempo e alguma disponibilidade financeira.

Para além disso, a adopção de um animal implica cuidar (higiene e alimentação), tratar (cuidados médicos) e dar segurança (nunca abandonar) durante toda a sua vida que poderá ser por muitos e muitos anos.

Um animal não é uma pessoa, mas é um ser vivo com personalidade, sentimentos, emoções e dependências. Precisa do dono para se sentir bem física e emocionalmente. É fundamental respeitar todas as suas necessidades.

Se não se encontra preparado, ou não tem todas as condições para fazer uma adopção feliz e responsável, então NÃO A FAÇA! Uma adopção é uma relação onde ambas as partes têm de sair a ganhar.

Uma decisão sensata irá contribuir não só para o bem-estar do seu animal, mas também para a paz do seu lar.

Adoptar um animal é, antes do mais, um acto de responsabilidade!

E porque o abandono mata efectivamente, aqui fica um vídeo de homenagem ao trabalho de um grupo de voluntários cujo trabalho eu não posso deixar de admirar.

Até Breve,

Elsa Cunha

terça-feira, 23 de março de 2010

Enquanto há esperança, há vida!

O australiano James Harrison, de 74 anos, é dono de um tipo sanguíneo raro, que já salvou a vida de 2 milhões e 200 mil recém-nascidos, incluindo a do próprio neto.

O plasma sanguíneo do "O homem com o braço de ouro", como é conhecido, está a ser usado na criação de uma vacina milagrosa. Ler tudo aqui

Há histórias com finais felizes...

Exemplo disso é este «Cão Rafeiro», escrito e ilustrado por Stephen Michael King. Editado pela Caminho e integrado na colecção Borboletas, destina-se a um público infantil e procura sensibilizar para a necessidade de adoptar os animais abandonados, mas a mensagem não se fica por aqui…


A história começa com um cão rafeiro, que não tem o que comer e que vive na rua, à mercê da chuva e do frio. De cortar o coração…O cãozinho acaba por encontrar uma casa para sem-abrigo e descobre que nela vivem pessoas tão pobres e desamparadas quanto ele. Maravilhosamente ilustrado, este pequeno livro sensibiliza também as crianças para as pessoas que não têm onde viver.

O canito acaba por ser expulso daquele lugar, porque ali não há lugar para cães, mas não antes sem levar um biscoito de uma das senhoras que lá trabalha.

Novamente na rua, acaba por encontrar a única senhora que o tratou bem, e que o leva para casa. Finalmente, o rafeirinho acaba por ganhar um lar e vê-se rodeado de amor e carinho. Um final feliz, portanto.

O texto é muito cuidado e apelativo, bem como as ilustrações. Promete deliciar os mais pequenos. Mas cuidado, o mais provável é pedirem para ficarem com um cachorrinho da próxima vez que esbarrarem com um na rua. Diário Digital

segunda-feira, 22 de março de 2010

Para Pensar 10


...

Jôh Dagort

Porquê voluntariado com animais?


Eu vivo na era das dúvidas…
Há muito que deixei as certezas para trás… Quem não tem dúvidas também não tem motivação para o diálogo que é a única chave capaz de abrir possibilidades alternativas de compreensão, a única maneira de evitar o exercício da bestialidade.
Vivemos centrados no nosso ego, abstraídos do que nos rodeia, abstraídos dos outros que apenas servem para nos fazer tropeçar no nosso caminho cada dia mais só, mais vazio, mais distante…

Hoje em dia exercemos um moralismo cínico universalizado, de teorias que não passam do papel e vozes que falam num silêncio mudo quando chega à hora de agir… Um silêncio cúmplice e condenável que consente as atrocidades que presenciamos diariamente e às quais nos habituamos a ficar indiferentes, num entorpecimento constante onde é mais fácil virar a cara ao lado…
Assim nos arrastamos num dia-a-dia de preocupações banais, cegos, surdos e mudos para com o sofrimento alheio….

Não consigo conceber um mundo em que nada tenha mais valor do que a nossa própria existência e onde tudo o resto são apenas meros danos colaterais. Senti que precisava de fazer alguma diferença... a minha diferença. Um gesto só bastava. Um gesto só podia fazer toda a diferença, porque mesmo a mais longa das caminhadas começas com um simples passo. E porquê com animais?...

Porque não? Porque a generosidade é uma grandeza que ultrapassa a fronteira do credo, do género, da raça é até mesmo da espécie. A dor, a alegria, a tristeza e o prazer são sentimentos comuns a muitos dos seres vivos que povoam o nosso planeta. Não são exclusivos ao ser humano. Porque é que os sentimentos e as necessidades de um animal, seja ele qual for, hão-de ser menos considerados que os nossos? Será apenas porque somos a espécie mais dominante? Ou não teríamos nós, como essa mesma espécie, o dever de usar o "dom" da inteligência em prol do beneficio de todos os que habitam este mundo. Não devíamos nós, que somos capazes de estabelecer raciocínios elaborados, ter a capacidade de perceber e respeitar as necessidades alheias?

Depois de termos começado a perceber que que o sexismo e o racismo são valores sem sentido e completamente ultrapassados, será que não estará também na altura que quebrarmos a barreira do especísmo*?

Deixo-vos a resposta a esta pergunta para vossa consideração...

Até breve,

Elsa Cunha

-----
*Especismo - é a atribuição de valores ou direitos diferentes a seres dependendo da sua afiliação a determinada espécie. O termo foi cunhado e é usado principalmente por defensores dos direitos animais para se referir à discriminação que envolve atribuir a animais sencientes diferentes valores e direitos baseados na sua espécie, nomeadamente quanto ao direito de propriedade ou posse. De modo similar ao sexismo e ao racismo, a discriminação especista pressupõe que os interesses de um indivíduo são de menor importância pelo mero feito de se pertencer a uma determinada espécie. De acordo com a igual consideração de interesses, de qualquer que seja a espécie os interesses semelhantes devem ser respeitados. Inferir dor num animal sem se preocupar com isso, é ignorar o princípio básico da igualdade, que parte da premissa da igual consideração de interesses. (FONTE: Wikipédia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Especismo)


I've Got You Under My Skin é uma canção escrita por Cole Porter em 1936 e regravada por Frank Sinatra anos mais tarde, tendo se tornado sua assinatura musical. Foi ainda gravada por muitos outros artistas como Lee Wiley, Steve Barton, The Four Seasons, Ella Fitzgerald, Diana Krall, Dinah Washington, Michael Bublé, James Darren, Cesare Siepi, Al Bowlly e Neneh Cherry.

Escrita em 1936, foi apresentada pela primeira vez num filme musical da MGM com Eleanor Powell chamado Born to Dance pela cantora Virginia Bruce. Foi nomeda para o Oscar de melhor canção daquele ano.

Sinatra a interpretou pela primeira vez no seu programa de rádio em 1946, mas colocou sua marca definitiva dez anos depois, ao apresentar uma versão com muito swing e acompanhada por uma orquestra, num arranjo de Nelson Riddle que se tornou um clássico. A partir dai ele a incluía em todas as suas apresentações ao vivo. Em 1993, no seu famoso álbum Duets, a regravou com Bono Vox.

Actualmente, o jornal Expresso oferece cinco grandes vozes

Frank Sinatra, Maria Callas, Nat King Cole, Billie Holiday e Edith Piaf: são estes os nomes da colecção Grandes Vozes que o Expresso oferece aos leitores.

Sem nenhum treinamento formal, Sinatra desenvolveu estilo altamente sofisticado. Sua habilidade em criar uma longa e fluente linha musical sem pausas para respiração,sua manipulação de frases o fez chegar bem mais longe que o usual dos cantores pop. Teve seu próprio show de TV durante vários anos e nos anos 90 continuou na ativa em concertos e gravações, onde lançou uma série de duetos, inclusive via satélite, utilizando recursos da mais moderna tecnologia. Faleceu a 14 Maio de 1998, tinha 83 anos de idade.

Informação Wikipédia/Expresso

Barça vs Real Madrid

A rivalidade entre Barcelona e Real Madrid já tem muitos anos. A recente eliminação dos merengues da Liga dos Campeões é motivo de conversa em Espanha e de riso na Catalunha, onde não se cultivam grandes amores pelos «galácticos». O jornal catalão «Sport» publicou no seu site a venda de t-shirts que são no mínimo provocatórias aos adeptos do clube de Madrid. Existem três t-shirts à venda no site. Uma delas, tem estampado o Santiago Bernabéu, com um «aluga-se» por cima da foto da casa do Real Madrid. Por baixo do estádio podemos ler a indicação «aluga-se todas as terças e quartas-feiras até Agosto», numa clara referência aos dias dos jogos da liga milionária. O segundo modelo tem escrito «Lyonato», uma clara provocação à eliminação madridista na Champions. Por baixo existe uma foto de um doce espanhol chamado «lionesas». E logo abaixo dessa mesma foto, podemos ler «a comer lionesas desde 2005».
A terceira t-shirt tem estampado uma espécie de logótipo que diz «Geração Ni-Ni». Por baixo do tal logótipo podemos ler a inscrição «ni-taça, ni-Champions. A rivalidade pode originar situações caricatas, pelo menos para os que não forem adeptos do clube da capital espanhola.

Fonte: Maisfutebol

Eu também tenho o sonho de virar elefante!

Norte-americana quer ser a mulher mais pesada do Mundo


A mulher de 42 anos já detém o título da mãe mais pesada do Mundo depois do nascimento da filha em 2007, quando pesava 241 quilos.
Donna Simpson, que precisa de uma mota para se deslocar ao supermercado, come enormes quantidades de fast-food, e tenta deslocar-se o mínimo possível de modo a não perder muitas calorias.
«Adorava pesar 450 quilos» disse ao Daily Mail, acrescentando: «Mas é capaz de ser difícil. Andar atrás da minha filha não me deixar ganhar peso». E a pesar de não consequir andar mais de 6 metros sem precisar de se sentar, considera que é saudável.
«Adoro bolos e todo o tipo de doces, donuts são os meus favoritos», disse Simpson.
O próprio marido, Philippe, que conheceu num site de encontros para pessoas obesas, é o primeiro a encorajar a companheira a chegar ao seu objectivo.
«Acho que ele gostava que eu fosse ainda maior… apoia-me incondicionalmente», disse Donna Simpson.
Donna é gorda desde pequena e fez algumas dietas, até assumir: «Gosto de ser como sou», «adoro comer e adoro que me vejo comer». Neste momento veste roupas tamanho o XXXXXXL e gasta 750 doláres por semana em comida. Para ganhar dinheiro tem um site onde, pagando, pode ser vista a comer .
Para chegar ao tão desejado objectivo, a senhora Simpson precisa de comer 12 mil calorias por dia, seis vezes mais do que é recomendado diariamente para uma mulher.
Fonte: Sol

São noites de Rock n´Roll!

Para comemorar os 25 anos de carreira, Os Mão Morta, vão lançar já em Abril o seu novo disco de originais, “Pesadelo em Peluche”.

Falar de Mão Morta é falar de Adolfo Luxúria Canibal, e falar de Luxúria é recordar os meus loucos anos de boémia, por isso, tinha de os homenagear através desta fabulosa musiquinha.... vinda directamente de leste, para aquecer Portugal!

domingo, 21 de março de 2010

BENFICA CAMPEÃO

Taça da Liga 2010
BENFICA 3 x Porto 0

Um filme pré-histórico...

Uma musica refresquante...

Apesar de viajar poucas vezes de comboio, este é definitivamente o meu meio de transporte favorito, é que as suas viagens, tendo como plano de fundo a paisagem corrida do tempo, fazem-me sonhar...

sábado, 20 de março de 2010

Homenagem a...

Nos anos 80´s o distanciamento cultural entre os países da Europa era abismal, tudo demorava décadas para chegar a Portugal.
Adam Carry, foi o responsável pela 'blitz' musical em Portugal, em quantidades nunca vistas até então!

Assim como era obrigado apresentar Portugal, à Europa e ao mundo, pelas quantidades colossais de postais que recebia e que tinha de ler; Adam Curry, através do seu «Count Down» também foi responsável por dar a conhecer ao mundo, o que aqui de bom se fazia, em termos musicais!

l'amour (curta metragem)

sexta-feira, 19 de março de 2010

Para amantes de "O Senhor dos Aneis" ou música clássica...

As filmagens de 'O Hobbit' que, serão dirigidas por Guilhermo Del Toro (“O Labirinto do Fauno”), enquanto Peter Jackson será um dos produtores, começam em Julho e devem durar um ano.

“O Hobbit”, de J.R.R. Tolkien, passa-se antes dos eventos de “O Senhor dos Anéis” e conta o que acontece com Bilbo, tio de Frodo, e como ele consegue o Anel. Ler tudo aqui

Nova pergunta...heheheh

Alguém sabe porque:
- 1 é um ,
- 2 é dois,
- 3 é três,
...?????

Aceitam-se respostas....

Pergunto eu, já que se fala tanto de biodiversidade...



Qual é a mais importante para vocês:
a Biodiversidade ou a Geodiversidade???


Procuram-se respostas.

Para pensar 9

Imagem extraida de : http://manueeu.blogspot.com
...
Jôh Dagort

Diário da quinta...

Amigos,
Andei a juntar 500.000 moedas para comprar o máximo de terra que se pode ter na quinta, ou seja, passar para 24x24. Pois é! santa ignorancia minha. Primeiro tive que investir 250.000 na quinta 22x22 e só depois é k poderei passar para 24x24. Lá ando eu outra vez a pedinchar aos vizinhos, tijolos, tábuas, janelas e outra coisa tipo hera para construir uma "maison". Estamos na " belle époque" farmville, em que há uma série de decorações e edificios franceses.
Continuo achar um jogo simples e interessante, em que parece que ando a brincar às casinhas...
Nível 32.
Hast la manhana! ( não tenho a certeza se é assim que se escreve...)

quinta-feira, 18 de março de 2010

Al Berto, por ser o meu poeta de eleição!

A sua poesia retomou, de algum modo, a herança surrealista, fundindo o real e o imaginário. Ler aqui Biografia

Tendo-se iniciado em 2003, com um trabalho dedicado ao poeta Al Berto, Wordsong é um projecto multimédia em que Pedro d'Orey (Mler If Dada), Alexandre Cortez (Rádio Macau), Nuno Grácio, Filipe Valentim (Rádio Macau) e alguns artistas convidados transformam, manipulam, desconstroem e reconstroem em experiências sonoras de formato melódico-electrónico a poesia de autores portugueses. ... Ler tudo aqui





Depois disto, os Wordsong, viram-se para o universo de Fernando Pessoa!

Everybody Be Cool !

A exuberante cantora Lady Gaga poderá interpretar o papel de uma assassina no próximo filme de Quentin Tarantino. Ler tudo aqui

No seu último videoclip, “Telephone”, que conta com a participação de Beyoncé, GaGa utiliza a carrinha "*** Wagon” do filme “Kill Bill”, um dos mais marcantes na carreira de Tarantino.

Desejo primeiro


Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconsequentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exacta para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga `Isso é meu`,
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem .
Desejo também que nenhum de seus afectos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.


VICTOR HUGO


O Que Se Passou Foi Isto - Facebook (faz perder hábitos)

Para Pensar 8

(Imagem extraida de: http://jellybeanweirdo.blogspot.com/ )

Porque o mundo é de todos...

quarta-feira, 17 de março de 2010

A mulher é mesmo estranha. Homem. Pessoa!

Primeira pessoa de género neutro reconhecida legalmente


Chama-se Norrie May-Welby e tem 48 anos. Nasceu homem, no Reino Unido. Aos sete anos emigrou para a Austrália. Sem se identificar com a sua sexualidade, mudou de sexo aos 28 anos. Contudo, também não se identificou como mulher. Agora é, legalmente, a única pessoa do género ‘neutro’

Nasceu homem, há 48 anos mas, até aos 28, nunca se sentiu como tal. Mudou então de sexo mas, nos 20 anos seguintes (os últimos 20), também não se identificou como mulher.
Segundo o The Daily Telegraph, as autoridades do Reino Unido, onde nasceu antes de emigrar para a Austrália, viram-se obrigadas a reconhecê-lo como pertencente ao género ‘neutro’.
O momento é pioneiro: pela primeira vez, um Governo tem de reconhecer plenos direitos civis a pessoas que não se sentem bem em nenhum dos géneros, incluindo uma cédula de nascimento onde consta o novo género.
Norrie May-Welby passou pelos consultórios de vários médicos, sem que nenhum tenha conseguido responder à questão ‘é homem ou mulher?’.
«Os conceitos de homem e mulher não se ajustam a mim. A solução mais simples é não ter qualquer tipo de identidade sexual», explicou Norrie May-Welby ao The Daily Telegraph
.
Fonte: Sol

Para Pensar 7

(Imagem extraida de: http://imagemtraduzida.blogspot.com)

...

Jôh Dagort

Love will tear us apart.. (Imperdível!)

Susanna And The Magical Orchestra, é ssim anunciado: "Combina a acessibilidade da música pop tradicional, a rigidez da electrónica e a improvisação do jazz"... Ler tudo aqui

Mas, Susanna And The Magical Orchestra é mais que isso tudo, é... simplesmente divinal!

Theatro Circo (Braga)

Sábado, 10 de Abril (Sala Principal)

12 euros

Filomena Cautela, é a minha preferida do 5 para meia noite...e (o/a) Vosso(a)?

Quem quiser, também pode responder ao questionário...

terça-feira, 16 de março de 2010



The Doors foi uma banda de rock norte-americana dos fins da década de 1960 e princípio da década de 1970. O grupo era composto por Jim Morrison (voz), Ray Manzarek (teclados), Robby Krieger (guitarra) e John Densmore (bateria). A banda ainda recebeu influências de diferentes estilos musicais, como o blues, jazz, flamenco e a bossa nova. Canções como "Break on Through (To the Other Side)", "Light My Fire", "People Are Strange" ou "Riders on the Storm", aliadas à personalidade e escândalos protagonizados por Jim Morrison, contribuíram de sobremaneira para o aumento da fama do grupo. Após a dissolução da banda no início da década 70, e especialmente desde a morte de Morrison em 1971, o interesse nas músicas dos Doors tem-se mantido elevado, ultrapassando mesmo por vezes o que o grupo teve enquanto esteve activo. Em todo o mundo, os seus discos e DVDs já venderam mais de 75 milhões de cópias, e continuam a vender cerca de 2 milhões anualmente.

O álbum de estreia da banda, foi gravado em agosto de 1966 e lançado na primeira semana de janeiro de 1967. Incluía a maioria das principais canções das suas actuações, incluindo o drama musical de 11 minutos, "The End". A banda gravou o disco em poucos dias entre finais de agosto e início de setembro, com várias canções a serem capturadas num único take. Morrison e Manzarek dirigiram um filme promocional para o primeiro single, "Break On Through", o que constituiu um importante avanço para o desenvolvimento dos vídeos musicais. O segundo single, "Light My Fire" (cujo vídeo se encontra no cimo deste artigo), tornou-se um grande sucesso no verão de 1967,[12] e colocou o grupo, juntamente com Jefferson Airplane e The Grateful Dead, como uma das principais bandas contracultura da América. Para a rádio AM, os solos de órgão e piano foram retirados da canção. Em maio do mesmo ano, os Doors fizeram a sua estreia televisiva ao gravarem uma versão de "The End" para a CBC nos estúdios de Yorkville, em Toronto. Permaneceu inacessível desde a sua transmissão original até ao lançamento do DVD The Doors Soundstage Performances em 2002.

Os Doors ganharam reputação de artista com performances ao vivo polémicas. Com a sua presença em palco e as calças de ganga justas, Morrison tornou-se um sex symbol, embora depressa se tenha cansado desta condição de estrela. Uma das mais míticas polémicas ocorreu quando os censores da rede ed TV Columbia Broadcasting System (CBS) exigiram que Morrison mudasse a letra de "Light My Fire" através da alteração do verso, "Girl, we couldn't get much higher", antes da banda tocá-la ao vivo a 17 de setembro de 1967, no Ed Sullivan Show. O verso foi trocado para, "Girl, we couldn't get much better".


Recentemente, e nos nossos dias, encontra-se em fase de lançamento, que será a 9 de Abril, um documentário narrado pelo actor Johnny Depp, intitulado When You're Strange, e que reúne 'Imagens de arquivo e excertos de concertos mesclados com depoimentos de Morrison e dos demais integrantes do grupo' (via notíca TVI 24), e cujo trailer já se encontra disponível na Internet.

Fontes: Wikipédia; TVI 24

segunda-feira, 15 de março de 2010

Para Pensar 6

(Imagem extraida de :http://eagorabaze.blogspot.com/)
...

Jôh Dagort

Vale a pena ouvir...

Os “Let the Jam Roll” são uma banda de Guimarães que possuem, na sua mescla musical, uma vasta influência (como costumam dizer) que vai de Jazz, Clássico, Blues, Funk, Rock até aos ritmos afro-cubanos. Ler tudo aqui

Genialidade dita por outras palavras...

"Ando cá desconfiado que isto de estar vivo ainda vai acabar mal!"



Manuel da Fonseca
(1911 - 1993)
Poeta, romancista, contista e cronista.

FAMAFEST


Festival Internacional de Cinema e Vídeo de Vila Nova de Famalicão
13 a 21 de Março

Entrada Livre

domingo, 14 de março de 2010

Para alegrar o Pobo carago!! :)

Para Pensar 5

...

Jôh Dagort

A Betty feia está proibida de vender prada...

Uma gerente de vendas da Prada, Rina Bovrisse, que era responsável por uma equipa de 500 pessoas em 40 lojas espalhadas pelo Japão, avançou com uma acção em tribunal baseada em discriminação e perseguição, depois de ver o seu chefe a chamar-lhe feia e dizer que tinha vergonha de apresentá-la aos executivos de topo.

Em Maio do ano passado, o CEO da Prada Japão deu ordens, para "eliminar" 15 gerentes que ele teria descrito como "feios, gordos, velhos, horríveis ou que não tenham o visual Prada". Ler tudo aqui

Depois disto, para cumulo dos cúmulos, só faltava ver o Diabo e o Papa a vestir ou calçar PRADA!

Jeróóóóóónnnnnniiiimmmmooooooooooo!!!

Cresci a ver filmes do Jerry Lewis, e sempre o considerei como um dos maiores comediantes de todos os tempos...

Deixo-vos aqui a Parte II de Jeróóóóóóóónnnnniiiiiimmmmooooo!!!!

Qual a maior injustiça da Academia, o Óscar que nunca foi dado e deveria ter sido?

"Jerry Lewis é um génio subvalorizado. Recebeu em 2009 o "Jean Hersholt Humanitarian Award", mas deveria ter recebido também, e sobretudo, um "Honorary Oscar" pelo conjunto da sua carreira como actor e realizador. " Victor Afonso, autor do blogue O Homem Que Sabia Demasiado

Resposta à pergunta: ''Então, mas e agora, o que faço eu com isto?"

Recentemente um dos nossos dEUSES, neste Conclave, questionava, por que razão a "Cidade FM nas Ruas da Cidade Universitária" oferecia "às jovens daquela zona" gillettes.
Eis, que chegou a hora de responder a todas a essas jovens, e dissipar qualquer dúvida que tenha permanecido, no nosso tão estimado dEUS, quando questionavam: 'Então, o que eu faço com isto?'
Se for a ver, era, para que situações como esta, nunca venham acontecer lá para os lados da Cidade Universitária (LOL)...

Uma mulher, acompanhada pelo ex-marido, causou um acidente de viação, que provocou quatro feridos, quando depilava zona púbica ao volante, para ir ao encontro do novo namorado. Ler tudo aqui

Para Pensar 4

sábado, 13 de março de 2010

Pergunta de fim de semana (obrigatória)...

O Ka Mate Haka é executado em todos os jogos de rugby da selecção da Nova Zelândia, sendo originalmente uma dança que preparava todos os guerreiros para as batalhas.


Apesar da agência responsável pela publicidade ter entrado em contacto com a embaixada da Nova Zelândia no Japão, este anúncio provocou recentemente muita polémica, porque os membros da tribo Ngati Toa, à qual pertence o Ka Mate Haka, desaprovam o uso inapropriado de suas tradições. Ler tudo aqui

(Mesmo que a ideia nos possa parecer quase inofensiva)

Este spot comercial deveria ser banido ou não?

Nova imagem, novas reflexões.
Quem vier é bem vindo, quem participar é reflexo:
Que seja este um blog de transparências e de sentidos...


Não Basta


Não basta abrir a janela
Para ver os campos e o rio.
Não é bastante não ser cego
Para ver as árvores e as flores.
É preciso também não ter filosofia nenhuma.
Com filosofia não há árvores: há ideias apenas.
Há só cada um de nós, como uma cave.
Há só uma janela fechada, e todo o mundo lá fora;
E um sonho do que se poderia ver se a janela se abrisse,
Que nunca é o que se vê quando se abre a janela.

Alberto Caeiro
||Publicado a Novembro 2008||

Para Pensar 3

( Imagem extraida de : picasaweb.google.com/saraivadigital/Exoticas )
...

Jôh Dagort

sexta-feira, 12 de março de 2010

Cumplicidades...

Por vezes, é a forma como se "quebra o gelo", num encontro romântico, que condiciona o futuro do par!

Esta é a prova de que quase sempre as coisas mais simples são, por serem as mais autênticas, as que nos fazem mais felizes!

Não tenho tido muito tempo par postar no blogue...


durante uma aula de psicologia a professora mostrou-nos um vídeo bastante interessante que prova que nós " vemos o que nos interessa"

Visitem este link sobre a Madeira....

http://www.visitmadeira.pt/tour.htm?id=405bf2bd-27b6-4f86-89e2-7b1fb40619eb&lang=pt



Vejam a Madeira em 3D

Diário da quinta...



Olá,

A minha quinta ontem ficou completa com o estábulo. Foi o cabo dos trabalhos conseguir todo o material. È que dão-nos o edifício semi construído. Para o completar temos que pedir ajuda aos vizinhos para nos enviar o que nos falta. Resumindo: ontem só me faltavam 2 pregos... Solução: entro directamente no chat e pedi a duas pessoas que só as conheço pelo facebook (que me foram enviadas, por outras pessoas) e depois de um olá boa-noite um pouco tímido ( já era 1 da manhã) lá fiz o meu pedido... Ao que a gente chega para ter um estábulo...
Resumindo, uma disse que não tinha para enviar, mas uma terceira pessoa que se apercebeu do assunto enviou... Foi fixe...

AH, estou no nível 31.
Xau...




O Tears for Fears é uma dupla de rock surgida nos anos 1980, formada por Roland Orzabalvoz e guitarra) e Curt Smith (voz e baixo). As músicas da dupla foram principalmente criadas por Orzabal, que no início se baseava na teoria do Grito Primal, do psicanalista Arthur Janov, que deu origem ao nome do grupo. Devido a divergências crescentes entre Roland e Curt, com relação ao andamento do grupo, e como cada vez Curt participa menos na composição e nos vocais, a dupla se separa, e através de uma decisão judicial, Roland pode seguir com o nome da dupla. Logo após, é lançada a coletânea Laid so low Tears Roll Down (Greatest Hits 1982-1992). Pelo Tears for Fears (no vídeo acima), Roland lança em 1993 o àlbum Elemental, que ainda conseguiu relativo sucesso com "Break it Down Again", e Curt lança em carreira solo o fracassado Soul on Board. Seguem-se ainda Raoul and the Kings of Spain (1995, por Orzabal, ainda mantendo o nome Tears for Fears) e Saturnine Martial & Lunatic em 1996. Com as fracas vendas do último disco, Roland lança em carreira solo o disco Tomcats screaming outside, em 2001. A dupla se reencontra em 2003 com a intenção de obter novamente o sucesso, com o álbum Everybody loves a Happy Ending.

Informação Wikipédia