segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

*continuação

Um átomo de hélio entra num bar. O empregado de bar diz:
- Não servimos gases nobres aqui.
O átomo de hélio não reage...

Um fotão de infravermelhos entra num bar, e pergunta:
- Está calor aqui ou é de mim?

Um supercondutor à temperatura ambiente entra num bar. O empregado de bar diz:
- Não servimos supercondutores neste bar.
O supercondutor à temperatura ambiente sai sem oferecer qualquer resistência.

Um neutrino entra num bar. O empregado de bar diz:
- Não servimos neutrinos neste bar.
O neutrino responde:
- Pá, eu só tava a passar por aqui...

O gato de Schrödinger entra num bar. E não entra.

Texto original de: Brian Malow

sábado, 19 de dezembro de 2009

Quem estragou o momento Kodak II




sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O que pensam na sua idade???

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Colaboradores Precisam-se

Se tens sentido de humor e vontade de o partilhar, junta-te a nós!!!

domingo, 13 de dezembro de 2009

Virus


O que é um virus?

Ora bem.. um virus é uma das formas de vida mais simples, que anda a passear pela Terra. Nós devemos ter uns triliões de vezes mais massa e mais altura que um virus, no entanto, ele consegue deitar-nos abaixo.. consegue matar-nos. É quase como o Luke Skywalker matar a estrela da morte com o pequeno caça...

É estranho pensar nisto desta maneira, nao é? O virus é mal uma forma de vida, e consegue entrar nas nossas células e controlar os mecanismos para o seu proprio bem. É uma conquista hostil! São as tuas células sob nova gerência.

É quase como ir a uma fábrica de coca cola e obriga-los a fazer pepsi...

E se pensarmos nisto algum tempo é este o tipo de piadas a que chegamos:

Um virus entra num bar. O empregado de bar diz:
-Nao servimos virus neste bar.
O vírus substitui o empregado de bar e diz:
-Agora servimos.

Duas bactérias entram num bar. O empregado de bar diz:
-Não servimos bactérias neste bar.
As bactérias respondem:
-Mas nós trabalhamos aqui. Somo parte do staff.

Texto original de Brian Malow

*Há mais prá semana ;)

sábado, 12 de dezembro de 2009

Quem estragou o momento Kodak I


sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Qual será a diferença????






domingo, 6 de dezembro de 2009

Não, desta vez o coelhinho não foi de comboio com o pai natal ao circo!

sábado, 5 de dezembro de 2009

A vida resume-se a duas perguntas

Devo ter um cão?

Devo ter filhos?

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Porque será que Sócrates está com dores nas costas??

quinta-feira, 16 de julho de 2009

O combate ao carjacking português

terça-feira, 12 de maio de 2009

Voçê está aqui também

Terra vista de Marte:


Porra... quero encontrar esse 'voçê' que anda por todo o lado... :|

;P

sábado, 9 de maio de 2009

De morrer a rir!!!

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Mudam-se os Tempos

Situação: O fim das férias
Ano 1978:
Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2008:
Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno.
Ano 1978:
Não se passa nada.
Ano 2008:
As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga.
Ano 1978:
O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2008:
A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas.
Ano 1978:
Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2008:
A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas.
Ano 1978:
Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2008:
Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.
Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este.
Ano 1978:
O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2008:
Prendem o pai do Luís por maus-tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar.
Ano 1978:
Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2008:
A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego. Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado "chocolate" ao outro.
Ano 1978:
Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
Ano 2008:
A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula.
Ano 1978:
O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque "alguma deves ter feito".
Ano 2008:
Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Boa pergunta!...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Desculpe... Sabe quem eu sou?!?

A culpa é do mau tempo...

Melhor anedota de 2009

Sábado, como de costume, levantei-me cedo, coloquei os meus agasalhos, vesti-me silenciosamente, tomei o meu café e até fui dar um passeio com o cão.

Em seguida, fui até à garagem e engatei o barco de pesca no meu Jeep.

De repente, começou a chover torrencialmente. Havia até neve misturada com a chuva, ventos a mais de 80 km/h. Liguei o rádio e ouvi que o tempo seria de frio e chuva durante todo aquele dia. Voltei imediatamente para casa. Silenciosamente tirei a roupa e deslizei rapidamente para debaixo dos cobertores.
Afaguei as costas da minha mulher, suavemente e disse-lhe baixinho:

- O tempo lá fora está terrível...

Ela, ainda meio adormecida, respondeu:

- Acreditas que o cabrão do meu homem foi pescar com este tempo?

terça-feira, 21 de abril de 2009

Afinal quem é o criminoso?!

Indivíduo preparava-se para assaltar o estabelecimento quando se viu imobilizado e escravizado sexualmente pela proprietária do salão.

Um assalto a um cabeleireiro na Rússia está a mobilizar a polícia. O crime envolve o assaltante e a cabeleireira do estabelecimento assaltado, avança o jornal G1.
A cabeleireira, identificada como Olga, de 28 anos, viu o seu salão invadido por um homem na passada terça-feira, dia 14. Olga, experiente em artes marciais, conseguiu dominar Viktor, de 32 anos, e levou-o para uma sala reservada, segundo o site «life.ru». A cabeleireira utilizou um secador de cabelo para obrigar o assaltante a render-se e acabou por o prender. No entanto, não chamou a policia.
Olga obrigou o assaltante a tomar Viagra para depois abusar dele várias vezes durante os dois dias seguintes.
Quando foi libertado, o assaltante dirigiu-se ao hospital para curar o pénis «magoado» e depois à esquadra para registar queixa contra a cabeleireira que, por sua vez, só no dia seguinte registou queixa contra Viktor por assalto.
No entanto, a história confunde-se ainda mais porque a policia não consegue ter a certeza sobre quem é o verdadeiro criminoso deste caso de assalto que terminou em «violação».
In TVI24

Grande Promoção


segunda-feira, 20 de abril de 2009

Dono recupera telemóvel Nokia da barriga de um bacalhau...


Após um dia de pescaria nas imediações de uma praia da costa oeste da Inglaterra, Glen Kerley abriu a barriga dos peixes, como sempre faz antes de os levar para o mercado, e, para sua surpresa, encontrou um telemóvel Nokia dentro de um bacalhau.

O aparelho ainda funcionava e tinha até boa carga de bateria, então o pescador deixou-o ligado, até que alguém telefonou, com o objectivo de contactar aquele que se veio a provar que era o proprietátio do telefone, Andrew Cheatle. Kerley anotou os dados de Cheatle e entrou em contacto, devolvendo o objecto.

Depois do encontro dos dois homens, registado pela imprensa britânica, Cheatle explicou que tinha deixado cair o telemóvel, que foi levado pelas ondas, quando passeava o seu cão, na praia, nunca esperando reencontrar o aparelho e «muito menos ainda a funcionar normalmente».

Apesar de passar uma semana submerso no oceano, o telemóvel esteve sempre ligado e Andrew pôde até consultar as chamadas perdidas enquanto o aparelho esteve na barriga do peixe, o que indica que o telefone tocou várias vezes dentro do bacalhau.

O pescador, pelo seu lado, afirmou que não se surpreendeu ao encontrar o telemóvel, pois «é muito comum» encontrar objectos nas barrigas dos peixes, que os comeram enquanto estavam no mar, como dentaduras, baterias e até filtros de chá.

Fonte: diariodigital.sapo.pt

Com notícias assim, para quê fazer publicidade?!...

quarta-feira, 25 de março de 2009

Nem sempre resulta...

video



...especialmente quando os pneus são bons...

sexta-feira, 20 de março de 2009

Coca-Cola em "O poder da Natureza"

Maravilhas da Natureza...

Os anéis de prata dos golfinhos

No seguinte vídeo pode ver-se alguns golfinhos brincando com anéis de ar prateados, os quais eles próprios têm a habilidade de fazer debaixo de água.

Não se sabe como aprenderam, ou se é uma capacidade inata. Como por magia o golfinho faz um meneio rápido com a cabeça e aparece um anel prateado bem à frente do bico. É como se fosse uma bolha de ar que não sobe à superfície! Permanece debaixo de água como uma porta mágica para uma dimensão invisível...

Uma das explicações para o fenómeno adianta que invisíveis vórtices giratórios são gerados das costas do golfinho quando ele se move rapidamente e se volta. Quando os golfinhos partem a linha, as pontas são atraídas para um anel fechado. O fluido de alta velocidade à volta do centro do vortex está a uma pressão mais baixa do que o fluido que circula mais longe. É injectado ar nos anéis pelas bolhas libertadas pelo orifício por onde o golfinho expele o ar. A energia do vórtex de água é suficiente para evitar que as bolhas subam, durante os segundos que duram as brincadeiras.

Bem, se deu para perceber, óptimo! Caso contrário, deixemos para lá a teoria e deleitemo-nos com as imagens dessas deslumbrantes criaturas...


video

domingo, 15 de março de 2009

Ao quarto dia 'Deus' criou o homem...




No primeiro dia, Deus criou o burro.
E Deus disse: 'Tens que ir para o campo com o agricultor durante todo o dia e sofrer de baixo do sol, trabalhar muito para sustentar o agricultor. Eu dar-te-ei uma vida de 60 anos.'
O burro disse: 'É uma vida dura que tu queres que eu viva durante 60 anos?
Dá-me somente 20 e eu devolvo-te os outros 40'.
E Deus concordou.

No segundo dia, Deus criou o cão.
E Deus disse: 'Senta-te todo o dia perto da porta da tua casa e ladra para qualquer pessoa que entre ou que passe por perto. Eu dar-te-ei 20 anos de vida.'
O cão disse: 'Isso é muito tempo para estar a ladrar. Dá-me somente 10 e eu devolvo-te os outros 10'.
Deus concordou.

No terceiro dia, Deus criou o macaco.
E Deus disse: 'Distrai as pessoas, faz truques de macaco e fá-los rir muito. Eu dar-te-ei 20 anos de vida.'
O macaco disse: 'Que cansativo, truques de macaco durante 20 anos!? Acho que não. O cão devolveu-te 10 anos e é o que eu vou fazer também, ok?'
Deus concordou.

No quarto dia, Deus criou o Homem.
E Deus disse: 'Come, dorme, brinca, faz sexo, diverte-te. Não faças nada, simplesmente diverte-te. Eu dar-te-ei 20 anos de vida'.
O Homem disse: 'O quê!? Só 20 anos? Nem pensar! Vamos fazer o seguinte: eu fico com os 40anos que a vaca devolveu, com os 10 do cão e os 10 do macaco. Isso faz 80. Pode ser?'
'Ok' - respondeu-lhe Deus. 'Negócio fechado.'

Conclusão...


É por isso que durante os primeiros 20 anos comemos, dormimos, brincamos,praticamos sexo, divertimo-nos e não fazemos nada.

Os 40 anos seguintes, sofremos ao sol para sustentar a nossa família;

Os 10 seguintes fazemos figura de macaco para entreter os nossos netos;

E os últimos 10 anos sentamo-nos na varanda e ladramos a toda a gente.

Está explicada a vida!

sábado, 14 de março de 2009

Moçambique treina ratos para eles encontrarem minas de guerra...

Em Moçambique , onde ainda há as campos de minas desenvolve-se um projeto para treinar os ratos a encontrarem o material explosivo.
Os roedores farejam as minas, sinalizam onde estão e identificam todas as bobas do campo.
Não é uma coisa tão cruel, como a maior parte dos defensores dos animais pode pensar.

Mesmo que a espécie usada, os Gigantes Gambianos, seja conhecida por seu tamanho avantajado, os ratos ainda são muito leves para ativar as bombas que encontram.
Equipados com uma espécie de coleira desenvolvida especialmente para guiá-los, dois ratos podem analisar 100 metros quadrados por dia. Quando eles encontram as minas, são recompensados com bananas.
Esse projeto vem sendo desenvolvido a alguns anos, na África, e tem apresentado um sucesso significativo, escreve o site APOPO.
Fonte: Pravda.ru

domingo, 15 de fevereiro de 2009

A água (que ninguém vê) na guerra...

"Para além das manchetes do conflito do Oriente Médio, há uma batalha pelo controle dos limitados recursos hídricos na região. Embora a disputa entre Israel e seus vizinhos se concentre no modelo terra por paz, ''há uma realidade histórica de guerras pela água'' - tensões sobre as fontes do Rio Jordão, localizadas nas Colinas de Golã, precederam a Guerra dos Seis Dias". Raymond Dwek - The Guardian, [24/NOV/2002] *

A nossa sobrevivência na Terra está ameaçada. Sem alimento, o ser humano resiste até 40 dias; sem água, morre em 3 dias. Somos água! Mas, enquanto a população se multiplica e a poluição recrudesce, as fontes de água desaparecem.
in Pravda

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

S.O.S.?

Olá malta...
Que acabar que quê! Nada disso! A partir de hoje retomaremos as nossas "emissoes"...

(Foto enviada pelo "NandoMar")
Com pensamentos, televendas, comprimidos, e tudo aquilo que nos faz feliz...