quarta-feira, 25 de março de 2009

Nem sempre resulta...

video



...especialmente quando os pneus são bons...

sexta-feira, 20 de março de 2009

Coca-Cola em "O poder da Natureza"

Maravilhas da Natureza...

Os anéis de prata dos golfinhos

No seguinte vídeo pode ver-se alguns golfinhos brincando com anéis de ar prateados, os quais eles próprios têm a habilidade de fazer debaixo de água.

Não se sabe como aprenderam, ou se é uma capacidade inata. Como por magia o golfinho faz um meneio rápido com a cabeça e aparece um anel prateado bem à frente do bico. É como se fosse uma bolha de ar que não sobe à superfície! Permanece debaixo de água como uma porta mágica para uma dimensão invisível...

Uma das explicações para o fenómeno adianta que invisíveis vórtices giratórios são gerados das costas do golfinho quando ele se move rapidamente e se volta. Quando os golfinhos partem a linha, as pontas são atraídas para um anel fechado. O fluido de alta velocidade à volta do centro do vortex está a uma pressão mais baixa do que o fluido que circula mais longe. É injectado ar nos anéis pelas bolhas libertadas pelo orifício por onde o golfinho expele o ar. A energia do vórtex de água é suficiente para evitar que as bolhas subam, durante os segundos que duram as brincadeiras.

Bem, se deu para perceber, óptimo! Caso contrário, deixemos para lá a teoria e deleitemo-nos com as imagens dessas deslumbrantes criaturas...


video

domingo, 15 de março de 2009

Ao quarto dia 'Deus' criou o homem...




No primeiro dia, Deus criou o burro.
E Deus disse: 'Tens que ir para o campo com o agricultor durante todo o dia e sofrer de baixo do sol, trabalhar muito para sustentar o agricultor. Eu dar-te-ei uma vida de 60 anos.'
O burro disse: 'É uma vida dura que tu queres que eu viva durante 60 anos?
Dá-me somente 20 e eu devolvo-te os outros 40'.
E Deus concordou.

No segundo dia, Deus criou o cão.
E Deus disse: 'Senta-te todo o dia perto da porta da tua casa e ladra para qualquer pessoa que entre ou que passe por perto. Eu dar-te-ei 20 anos de vida.'
O cão disse: 'Isso é muito tempo para estar a ladrar. Dá-me somente 10 e eu devolvo-te os outros 10'.
Deus concordou.

No terceiro dia, Deus criou o macaco.
E Deus disse: 'Distrai as pessoas, faz truques de macaco e fá-los rir muito. Eu dar-te-ei 20 anos de vida.'
O macaco disse: 'Que cansativo, truques de macaco durante 20 anos!? Acho que não. O cão devolveu-te 10 anos e é o que eu vou fazer também, ok?'
Deus concordou.

No quarto dia, Deus criou o Homem.
E Deus disse: 'Come, dorme, brinca, faz sexo, diverte-te. Não faças nada, simplesmente diverte-te. Eu dar-te-ei 20 anos de vida'.
O Homem disse: 'O quê!? Só 20 anos? Nem pensar! Vamos fazer o seguinte: eu fico com os 40anos que a vaca devolveu, com os 10 do cão e os 10 do macaco. Isso faz 80. Pode ser?'
'Ok' - respondeu-lhe Deus. 'Negócio fechado.'

Conclusão...


É por isso que durante os primeiros 20 anos comemos, dormimos, brincamos,praticamos sexo, divertimo-nos e não fazemos nada.

Os 40 anos seguintes, sofremos ao sol para sustentar a nossa família;

Os 10 seguintes fazemos figura de macaco para entreter os nossos netos;

E os últimos 10 anos sentamo-nos na varanda e ladramos a toda a gente.

Está explicada a vida!

sábado, 14 de março de 2009

Moçambique treina ratos para eles encontrarem minas de guerra...

Em Moçambique , onde ainda há as campos de minas desenvolve-se um projeto para treinar os ratos a encontrarem o material explosivo.
Os roedores farejam as minas, sinalizam onde estão e identificam todas as bobas do campo.
Não é uma coisa tão cruel, como a maior parte dos defensores dos animais pode pensar.

Mesmo que a espécie usada, os Gigantes Gambianos, seja conhecida por seu tamanho avantajado, os ratos ainda são muito leves para ativar as bombas que encontram.
Equipados com uma espécie de coleira desenvolvida especialmente para guiá-los, dois ratos podem analisar 100 metros quadrados por dia. Quando eles encontram as minas, são recompensados com bananas.
Esse projeto vem sendo desenvolvido a alguns anos, na África, e tem apresentado um sucesso significativo, escreve o site APOPO.
Fonte: Pravda.ru